Prepare-se para fazer exames durante a gravidez – 1.º Trimestre

Desde que sabem que estão grávidas, todas as mulheres devem procurar manter o seu estado de saúde vigiado. Os exames pré-natais são essenciais para monitorizar a evolução da criança e a saúde da mãe e agir a tempo em possíveis situações de emergência. Saiba quais são os mais importantes por trimestre:

No 1.º Trimestre

A confirmação da gravidezconfirmação-gravidez

A sua primeira visita ao obstreta deve ocorrer com um mês de gestação e irá repetir-se mensalmente até à 32.ª semana. Será a mais exaustiva de todas consultas: Esteja preparada para dizer a data do inicio da última menstrução, para se prever uma data para o futuro parto. O obstreta quererá também saber quais os seus sintomas actuais.

Perguntas sobre o seu historial clinico

Não deixe nada fora da lista: as doenças de familia, sobretudo as de familiares directos, as suas doenças crónicas, cirurgias anteriores, alergias conhecidas, sem esquecer a medicação que tomou desde a concepção, a sua história ginecológica (com que idade teve a primeira menstrução, duração do ciclo menstrual, abortos espontâneos, gravidezes anteriores, bem como a evolução dessas gestações e partos). O médico também irá querer saber coisas sobre o seu estilo de vida: idade, ocupação e hábitos, como fumar, beber, exercício físico e alimentação.

Um Check dos pés à cabeça

Do coração aos pulmões, passando pela palpação mamária e abdominal, peso, altura e tensão arterial, tudo vai ser examinado. O médico examina o colo do útero e a vagina, faz o exame o colo do útero e a vagina, faz o exame bimanual da pélvis, palpando o colo do útero com uma mão e colocando a outra sobre o abdómen. Depois procede da mesma forma no recto e no canal vaginal. Ao mesmo tempo, avalia a dimensão e a forma da bacia.

Pedido de exames

Prepare-se para uma série de exames:  * Hemograma completo: Uma análise pormonorizada ao sangue serve para detectar uma possível anemia e o grupo sanguineo da mãe, e para avaliar se todos os seus valores estão em lordem. * Urina: Pesquisa a presençã de açucar, proteínas, indícios de sangue, bactérias e leucócitos ( globulos brancos que pertencem ao sistema imunitário. Se forem valores altos, pode significar que tem uma infecção). É muito importante despitar possíveis infecções urinárias, e o seu obstetra vais estar especialmente atento a elas. Algumas infecções podem até levar a um parto prematuro. * Colpocitoscopia ou raspagem do colodo útero: Para despistar cancro cervical, se não efectuou nenhuma no último ano. *Exames genéticos: Detectam infecções graves, como a toxoplasmose, citomegalovírus, rubéola, hepatite, clamídea, sífilis, e doenças sexualmente transmissíveis, nomeadamente a sida. Todas as gravidas devem submeter-se ao teste do HIV. Esteja preparada para colocar todas as suas dúvidas sobre a gestação, o crescimento do bebé, sintomas desgradáveis, doenças e infecções que possa ter enquanto está grávida e também medicação. * Ecografias: Normalmente, a primeira é feita entre as 10 e as 13 semanas ( ou até menos, se o seu obstetra assim o decidir), para confirmar se está realmente grávida (muitas mulheres só o sabem aos dois e três meses de gestação) ou se é uma gravidez de gémeos. Não espere ficar a saber logo qual o sexo da criança, pois ainda é muito cedo. E há muitos casos em que a posição do bebé não permite desvendar o “segredo” durante os nove meses. A primeira ecografia costuma ser transvaginal, com a inserção de uma sonda na vagina para avaliação do feto.

Outros artigos relacionados:



Deixe o seu comentário

Deixe o seu comentário, ou efectue uma ligação para este artigo.
Poderá também subscrever estes comentários via RSS.

O seu e-mail nunca será publicado. Os campo obrigatórios estão assinalados como um *