Vantagens e desvantagens da episiotomia

Episiotomia

Chama-se episiotomia ao corte que se realiza no segmento final do parto – o vulvovaginal -, com o objectivo de encurtá-lo e dilatá-lo de modo a prevenir lesões durante o nascimento. No entanto, as opiniões a respeito desta prática são diversas.

Episiotomia

Episiotomia

Vantagens e desvantagens da episiotomia

Entre as vantagens da episiotomia  destaca-se a significativa diminuição do número de rasgões, e no caso de se produzirem, reduzir-se o seu tamanho e torná-los mais controláveis. Além disso, diminuir a duração do parto. Outro dos benefícios é que – a longo prazo – ajudaria a prevenir eventuais prolapsos e incontinência urinária, embora isso seja bastante discutível.

As desvantagens compreendem as consequências que ocasiona (não esqueçamos que se trata de uma zona bastante sensível), entre elas: a dor, o tempo de cicatrização, e o consequente atraso no reinício das relações sexuais depois do parto. No nosso país, esta pratica efectua-se  como rotina em todas as mulheres. Geralmente, emprega-se nas mamãs que vão ter o seu primeiro filho, devido aos tecidos da zona do períneo serem menos elásticos, e raramente nas mulheres que já tiveram mais do que dois filhos vaginalmente.

Outros artigos relacionados:



3 Comments

  • livia alencar ramos
    Julho 11, 2014 | Permalink | Responder

    Aja vagina pra aguenta um foli desses.alem d tudo,hoj em dia nao ta valendo a pena contituir familia,as mulheres sofrem; para ter suas crias.em quanto o maridao ta com outra.

  • livia alencar ramos
    Julho 11, 2014 | Permalink | Responder

    Odeio esse corte.munca tive filho e mem vou ter,credo.nao mascir pra ser mutilada.

  • beatriz
    Setembro 8, 2011 | Permalink | Responder

    existe plastica so para os pontos do episio.? porque o medico pode fazer sem minha autorização?

Deixe o seu comentário

Deixe o seu comentário, ou efectue uma ligação para este artigo.
Poderá também subscrever estes comentários via RSS.

O seu e-mail nunca será publicado. Os campo obrigatórios estão assinalados como um *