CTG: o controlo das contracções

A contractilidade uterina pode ser apreciada por meios clínicos ou por aparelhagem própria. Colocando a mão sobre o útero, somos capazes de perceber o endurecimento da parede uterina, enquanto dura a contracção, fazendo nítido contraste com o tónus do útero em repouso (mais amolecido). Podemos, assim, sentir chegar a contracção e contar os segundos até ao seu desaparecimento.

Registos das contracções CTG

Registos das contracções CTG

Com os cardiotocógrafos (CTG), podemos obter registos da contractiloidade uterina e do ritmo cardíaco fetal, o que facilita a apreciação imediata da frequência e intensidade das contracções, bem como o seu eventual impacto na frequência cardíaca fetal. Estes dados podem ser obtidos com a colocação de eléctrodos na parede abdominal da grávida

Outros artigos relacionados:



Deixe o seu comentário

Deixe o seu comentário, ou efectue uma ligação para este artigo.
Poderá também subscrever estes comentários via RSS.

O seu e-mail nunca será publicado. Os campo obrigatórios estão assinalados como um *