O bebé já está em casa? E Agora? Algumas respostas ás suas dúvidas.

Bebé

Bebé

Por fim chegou o momento que tanto sonharam. O bebé nasceu e, em casa, começa uma nova vida juntos. São dias de felicidade, mas também de incerteza e de…perguntas.

Quantas vezes come?

Um recém-nascido de quatro ou cinco dias costuma mamar oito a doze vezes num dia. Se for menos, pode faltar-lhe alimento. Pode amamentar-se sempre que pedir. Não se devem saltar tomas por dormir muito nesse caso é melhor despertá-lo.

Comeu o suficiente?

Para saber se comeu o suficiente observe a fralda. Se urina bastante (seis vezes ao dia no mínimo), e pelo menos três vezes em abundância (ainda que faça uma de cada vez que mame), é porque está bem alimentado. Se chora ou chupa as mãos depois da toma não significa que ficou com fome (pode ser sono ou necessidade de contacto).

Porque deita (bolsa) leite?

É frequente. Pode dever-se ao facto do bebé ter comido muito, a tê-lo feito demasiado depressa ou à imaturidade do seu aparelho digestivo. Se é pouca quantidade, não é preocupante, mas se vomita muito e em todas as tomas, é melhor consultar um pediatra.

Porque perde peso?

Todos os bebés emagrecem uns gramas durante a primeira semana. Para isso influem vários factores, como a expulsão da urina e das mucosidades que tinham no intestino ( com as primeiras fezes), e a eliminação através da pele de parte da água que tinham retido durante a gravidez.

É assim tão frágil?

É natural que durante os primeiros dias se tenha um pouco de medo de pegar no recém-nascido. O seu corpo parece muito mole, e a cabeça e pescoço, demasiado frágeis. Se pegar com cuidado não haverá qualquer problema.

Temos de o tapar?

É melhor não o encher de roupa. Mas, se vamos sair, poderemos levar na mala alguma peça de roupa extra para o caso de baixar a temperatura. Quando o tempo é húmido ou muito frio, convém fazer passeios curtos e não esquecer de colocar-lhe um gorrito. Por regra o bebé tem a mesma sensação térmica que nós: se temos calor, ele também o terá e, como tal devemos vesti-lo de acordo com a temperatura.

Como o devo deitar?

Durante muitos anos recomendou-se deitar o recém-nascido de barriga para baixo, para que não se engasgasse no caso de vomitar. Actualmente os especialistas consideram que a posição mais segura é de barriga para cima ou de lado para evitar a síndrome de morte súbita( que parece estar relacionada com a postura do bebé no sono). Se está acordado, podemos deitá-lo de barriga, pois assim estimulamos os músculos do seu pescoço. Durante os momentos de vigília, aconselha-se, além disso a mudar-lhe a posição com frequência para evitar que a cabecinha se adapte apenas a uma posição e se deforme.

Porque respira assim?

No recém-nascido pode observar-se uma respiração irregular, até agitada. Não é caso para alarme. É normal que um recém-nascido calmo faça entre 40 e 60 respirações por minuto (um adulto faz apenas 16), mas essa frequência vai-se regulando no primeiro ano de vida. Além disso, a maioria dos recém-nascidos chia ao respirar. Costuma dever-se ao facto de terem engolido ar durante a mamada. É um transtorno que não é incomodativo para o bebé e costuma desaparecer ao arrotar.

Quanto tempo dorme?

De 17 a 16 horas e meia. Durante os primeiros dias o recém-nascido alterna longos períodos de sono com breves despertares a cada duas  ou três horas. Ainda não tem o ritmo de sono estabelecido, uma vez que se está a adaptar a uma nova vida fora do útero. Não é capaz de distinguir o dia da noite, e o seu horário está condicionado pela necessidade de se alimentar.

Como deve ser o cocó?

Depois de recém-nascido ter expulso o mecónio (as primeiras fezes, muito escuras), durante quatro ou cinco dias costuma expelir umas fezes de transição, que se caracterizam por serem escassas, muito líquidas e de cor cinzento esverdeado. Se o bebé está a ser amamentado, as fezes serão liquidas ou moles e de cor amarelada, ainda que também possam ser esverdeadas.

Porque está amarelo?

Cerca de 50 por cento dos recém-nascidos adquire  uma cor amarelada nos primeiros dias. Isto deve-se ao facto do  excesso de glóbulos vermelhos que o recém-nascido tem após o parto se ir destruindo rapidamente, produzindo um aumento de bilirrubina. O tom costuma intensificar-se até ao terceiro ou quarto dia de vida e começa a desaparecer pouco a pouco.

Que tipo de higiene?

O recém-nascido tem poucas defesas, por isso é muito importante não colocar em contacto directo com germes que podem alterar o seu estado de saúde. É imprescindível, por isso, lavar bem as mãos antes de lhe tocar (sobretudo depois de ir à casa de banho), depois de lhe mudar a fralda e antes de lhe dar de comer. Há que evitar que toda a gente lhe toque e o beije nesses primeiros dias, especialmente as pessoas doentes. Também convém mantê-lo afastado de animais de estimação.

Há que esterilizar?

Nos primeiros dias de vida convém desinfectar tudo aquilo que esteja em contacto directo com a boca do bebé devido à grande imaturidade do seu sistema imunitário.

Outros artigos relacionados:



4 Comments

  • Luciene morais
    Março 7, 2017 | Permalink | Responder

    Oi estou grávida de 5 semenas e sinto muita dor de cólica, e normal?

  • url url'>Jonice Bervig
    Dezembro 28, 2014 | Permalink | Responder

    Meu neto Arthur tem Nasceu dia 21/12/2014 e hoje dia 28/12 deu uma regurgitada amarela e me preocupei isso é normal???

  • ludmila
    Outubro 16, 2012 | Permalink | Responder

    Bacana as dicas, mas…pelamordedeus!!! nao tem virgula no pc de quem escreveu nao??? falta de pontuação é triste!!! 🙁 se ler em voz alta corre o risco de falta de ar! 😛

  • url url'>wanderley mota dos santos
    Outubro 8, 2011 | Permalink | Responder

    poww bacana essas novidade
    dos
    bebes

Deixe o seu comentário

Deixe o seu comentário, ou efectue uma ligação para este artigo.
Poderá também subscrever estes comentários via RSS.

O seu e-mail nunca será publicado. Os campo obrigatórios estão assinalados como um *