Como saber se está a mamar bem?

bebé-a-mamar..25Um bebé está bem colocado se não vir o mamilo  nem a maior parte da auréola, especialmente a parte inferior; os lábios do bebé estão virados para fora, sobretudo o inferior, que está tão dobrado que chega a tocar o queixo; mama calma e ritmadamente, vê-se como mexe o maxilar e o movimento chega até à sua orelha; não se ouve ranger, nem ar a escapar e a sucção não é dolorosa.

Quando a posição é correcta, pode deixar-se o bebé o tempo que quiser. Quanto mais mamar, mais estimulará a produção de leite. As primeiras mamadas são por vezes um pouco anarquicas mas, em geral, o bebé acaba por soltar a mama quando não quer mais. Quando já há leite em abundância, rapidamente larga a mama com a expressão satisfeita de estar saciado, e a partir do mês e meio ou dois meses agradece com um sorriso.

Convém oferecer-lhe a mama sempre que esteja desperto, activo ou a emitir sons. Não se deve esperar que chore, pois este é um sinal tardio de fome e de que tem pouca glucose no organismo.

Amamentar deitada é muito cómodo de noite. Sobretudo porque, ás vezes, ao produzir-se uma descarga hormonal de prolactina, a mãe é invadida por um sono irresistível, necessário para o seu descanso e recuperação, e adormece. Não faz mal nenhum compartilhar a cama com o bebé, desde que se sigam as mínimas normas de segurança.

Dar uma mama todo o tempo que o bebé queira. O leite do final é o que mais engorda e sacia pela quantidade de gordura, ainda que a sucção seja mais lenta e o bebé fique quase adormecido. Antigamente dizia-se que esse leite já não alimentava, hoje sabe-se que é justamente a contrário.

Não continuar a mamada em caso de dor. Para finalizar, aconselha-se a colocar o dedo mindinho através de uma ponta da boca do bebé, para preencher o vazio e, assim, retirar a mama (sem forçar).

Não lavar o mamilo antes e depois da mamada, nem aplicar cremes ou massajá-lo. Um duche diário é suficiente. Também não necessita de preparação especial antes da gravidez.

Não ter horários para as mamadas; se dermos apenas metade das vezes que ele pede, teremos menos leite.

Não interferir com chupetas ou tetinas. O bebé, no primeiro mês, confunde-se com facilidade com os substitutos de borracha e pode rejeitar a mama ou colocar mal a boca e causar gretas e pouca produção de leite. E a mama é muito melhor que qualquer chupeta pois, para além de alimento, proporciona consolo, carinho, companhia, segurança…

Se a mãe nota que o peito está inchado, convém que amamente com frequência e não pressione as mamas com soutiens apertados ou discos absorventes, pois com isso impede que o mecanismo natural funcione, ou seja, que as gotas de leite caiam sem retenção. É melhor que mude frequentemente de roupa se se molha e, pelo menos durante a noite, não usar soutien.

Outros artigos relacionados:



Deixe o seu comentário

Deixe o seu comentário, ou efectue uma ligação para este artigo.
Poderá também subscrever estes comentários via RSS.

O seu e-mail nunca será publicado. Os campo obrigatórios estão assinalados como um *